Cirurgia Plástica das Mamas,
Mastopexia ou Mamoplastia

Após amamentação ou emagrecimento ou envelhecimento ou até mesmo por fatores genéticos é comum as mamas apresentarem uma queda ou uma ptose, como se diz em termos médicos. Isto se dá pelo enfraquecimento do ligamentos que sustentam as mamas.
A cirurgia de mastopexia visa levantar as mamas e reposicionar a aréola e o mamilo na altura desejada. Isto se consegue através da retirada da pele excedente e com a mobilização dos tecidos mamários e montagem da mama. Existem diversas técnicas e tipos de cicatrizes para esta cirurgia. É comum a associação desta cirurgia com a inclusão de próteses de silicone.
A cirurgia dura de 3 a 5 horas e a anestesia é geral.
O tipo de técnica ideal varia de caso a caso e é determinada na avaliação e no exame físico feito pelo cirurgião plástico. Como para qualquer cirurgia, a indicação de cirurgia assim como seus resultados e suas limitações devem ser discutidas com seu cirurgião plástico. Antes da cirurgia, exames pré-operatórios assim como uma avaliação de saúde geral deve sempre ser feita.

Redução das Mamas (Mamoplastia Redutora)

Mamoplastia redutora Paciente com mamas muito grandes geralmente tem queda das mamas associada a quadros de dores nas costas e nos ombros principalemente ao final do dia. A esta condição dá-se o nome de Gigantomastia. Tal situação gera frequentemente incomodo e desconforto social importante às pacientes.
A Mamoplastia Redutora é o procedimento cirúrgico através do qual se diminui e se remodela a mama para melhorar o contorno corporal da mulher, para corrigir a queda do volume e do aspecto da mama e para balancear diferenças entre o tamanho das mamas. Em muitos casos, a melhora da auto-estima e da aparência da paciente que se submete a esta cirurgia é patente.
A cirurgia dura em torno de 2 a 3 horas e a paciente geralmente vai de alta no mesmo dia ou no dia seguinte. A anestesia é geral.
O tipo de técnica e a extensão das cicatrizes são avaliados no momento do exame físico pelo cirurgião plástico. Como para qualquer cirurgia, a indicação de cirurgia assim como seus resultados e suas limitações devem ser discutidas com seu cirurgião plástico. Antes da cirurgia, exames pré-operatórios assim como uma avaliação de saúde geral deve sempre ser feita.
Consulte seu cirurgião para determinar o que é o mais indicado para o seu caso.

Aumento das Mamas
(Mamoplastia de Aumento) Prótese Mamária

A Mamoplastia de aumento, também conhecida como colocação de prótese de mama, é um dos procedimentos mais comuns na Cirurgia Plástica. O visa o procedimento aumento mamário, correção dos volumes e remodelação das mamas.

O procedimento pode ser usado em diversas situações, entre elas:

  • mamas pequenas (hipomastia);
  • quedas e diminuição após emagrecimento ou após amamentação;
  • correção de diferenças de tamanho entre as mamas;
  • correção na distribuição de mamas (no caso de mamas muito; separadas uma da outra ou no caso de mamas muito constritas);
  • uso em casos selecionados de reconstrução de mama após retirada de um tumor.

As três principais vias (incisões) para colocação das próteses são:

  • Pelo sulco mamário;
  • Pela aréola da mama;
  • Pela axila.

A cirurgia dura cerca de 2 horas e a anestesia é geral ou anestesia local associada ao bloqueio intercostal e sedação. Em muitos casos a paciente recebe alta no mesmo dia.
O tipo de técnica assim com a melhor via para colocação das próteses são avaliados no momento do exame físico pelo cirurgião plástico. Como para qualquer cirurgia, a indicação de cirurgia assim como seus resultados e suas limitações devem ser discutidas com seu cirurgião plástico. Antes da cirurgia, exames pré-operatórios assim como uma avaliação de saúde geral deve sempre ser feita.
Consulte seu cirurgião para determinar o que é o mais indicado para o seu caso.