Cirurgia Plástica do Nariz

Dr. Marcelo Carvas

Cirurgia do Nariz (Rinoplastia)

A cirurgia do nariz, também chamada rinoplastia, tem como objetivo melhorar a forma, o tamanho e o aspecto geral do nariz. A cirurgia é muitas vezes associada com o tratamento funcional do nariz no caso de obstrução respiratória, como no caso de desvio de septo. Assim, o objetivo é não somente de obter um nariz que pareça mais natural e harmonioso com as características faciais de cada indivíduo como também melhorar e otimizar a função respiratória de cada paciente. Cada caso deve ser avaliado cuidadosamente pelo cirurgião não só do ponto de vista estético como também funcional para que o plano terapêutico possa ser determinado para cada paciente. A cirurgia consiste na manipulação e tratamento das estruturas internas do nariz como as cartilagens e os ossos com o objetivo de diminuir, afinar e dar mais delicadeza o nariz do paciente. Em casos selecionados em que o paciente tem o nariz muito pequeno, a rinoplastia pode também aumentar o nariz a fim de deixa-lo mais harmônico com a face do paciente. A anestesia típica da rinoplastia é a anestesia geral e o procedimento dura de 3 a 4 horas. Converse com seu médico para determinar a melhor cirurgia para o seu caso.

Bioplastia ou Rinomodelação

Hoje já é possível fazer uma rinoplastia sem passar por uma cirurgia. Como isso é possível? Com o surgimento de novos produtos de preenchimento do tipo Ácido Hialurônico é possível mudar o formato e moldar o nariz do(a) paciente sem que seja necessário passar por uma cirurgia propriamente dita. Com o uso de preenchedores pode-se por exemplo arrebitar o nariz, diminuir a giba e definir cortornos com o objetivo de deixa-lo mais harmonioso com o rosto de cada paciente. E isso tudo, sem a difícil e demorada recuperação de uma cirurgia do nariz. Pode-se fazer a bioplastia e voltar ao trabalho normalmente logo após. A bioplastia ou rinomodelação, no entanto, não se aplica a todos os casos e nem a todo tipo de paciente. Por isso, consulte o seu cirurgião plástico para determinar o que é o mais indicado para o seu caso.

Com o uso de preenchedores pode-se por exemplo arrebitar o nariz, diminuir a giba e definir cortornos com o objetivo de deixa-lo mais harmonioso com o rosto de cada paciente. E isso tudo, sem a difícil e demorada recuperação de uma cirurgia do nariz. Pode-se fazer a bioplastia e voltar ao trabalho normalmente logo após. A bioplastia ou rinomodelação, no entanto, não se aplica a todos os casos e nem a todo tipo de paciente. Por isso, consulte o seu cirurgião plástico para determinar o que é o mais indicado para o seu caso.


Dr. Marcelo Carvas (esquerda), diretor da Clinique Faria Lima, em seu estágio em Paris, com o inventor do Piezo, o cirurgião plástico francês Dr. Olivier Gerbault.

O Dr Marcelo Carvas, em conjunto do o Dr Luiz Carlos Ishida, foi o pioneiro na Rinoplastia Ultrassônica no Brasil. A primeira cirúrgica plástica de nariz com o uso do Piezo foi realizada em início de 2016 no Hospital das Clínicas de São Paulo. A sua experiência com a primeira serie de casos foi apresentada no Congresso Americano de Cirurgia Plastica em outubro de 2016 em Los Angeles e no Congresso Brasileiro de Cirurgia Plastica em novembro de 2016 em Fortaleza. O Dr Marcelo implementou a tecnologia no país após um estagio realizado em Paris em 2016 com o inventor do aparelho, o Dr Olivier Gerbault. A rinoplastia ultrassônica é uma nova técnica de rinoplastia desenvolvida pelo famoso cirurgião plástico francês que permite uma cirurgia com maior precisão além de menor inchaço e menos roxos. Com o uso de um motor , chamado de Piezo, o cirurgião é capaz de esculpir os ossos do nariz com muito menos trauma aos tecidos vizinhos que as tradicionais raspas, cinzéis, escopros e martelos. O Piezo, com suas pequenas e delicadas ponteira, vibra em altíssima frequência permitindo uma escultura dos ossos sem que seja necessária a tradicional fratura com martelo. Assim, além de maior precisão e delicadeza, a recuperação mais é mais rápida e o paciente fica menos roxo e menos inchado. Consulte seu cirurgião para determinar o que é o mais indicado para o seu caso.

Rinoplastia Ultrassônica

A Cirurgia Plástica do Nariz, pouco invasiva, que preserva cartilagens, mucosas e vasos sanguíneos.
A Rinoplastia Ultrassôica é um método inovador de cirurgia para correção do nariz, criado pelo inventor do Piezo, o cirurgião plástico francês, Dr. Olivier Gerbault.

O motor da inovação é justamente isto: um motorzinho movido a energia ultrassônica, acoplado a uma ponteira desenhada para esculpir o osso do nariz.
Na rinoplastia tradicional, o médico faz uma incisão no interior das narinas, insere o escopro (uma espécie de cinzel de ponta cortante) e, com um martelo, vai desbastando o osso sem ver, baseando-se no tato e no som dos instrumentos. Na ultrassônica, a maior parte da pele do nariz é afastada e, com o osso exposto, o cirurgião manuseia o aparelho em micro-movimentos rápidos e precisos. A baixa frequência preserva cartilagens, mucosas e vasos sanguíneos — daí a ausência de hematomas evidentes.

Principais queixas com relação ao Nariz

A Rinoplastia visa alterar formatos, ângulos e/ou tamanho do nariz. Muitas são as queixas e as alterações que fazem pacientes procurarem a Rinoplastia.
Dentre elas, as mais comuns são:
• Giba nasal ou dorso alto ou “ossinho alto”;
• Nariz grande e muito projetado;
• Nariz em desarmonia com o restante do rosto;
• Nariz torto. O nariz pode ser desviado para um lado ou ser sinuoso fazendo forto de “S”;
• Ponta bulbosa ou “ponta batatinha”;
• Ponta caída ou ponta que cai quando sorri. Alteração comum também com o envelhecimento;
• Asa aberta ou narinas muito abertas;
• Columela pendente;
• Nariz curto;
• Nariz sem projeção.

Rinoplastia Preservadora


A Rinoplastia Preservadora (ou “Preservation Rhinoplasty”) é uma nova tendência mundial e tem se falado dela cada vez mais. A técnica visa corrigir deformidades nasais mantendo a integridade das estruturas naturais do nariz. Ao preservar ligamentos, cartilagens e a válvula nasal a idéia é gerar um resultado natural e bonito com menos possibilidade de retração e fibrose. A técnica não é indicada para todos os casos e deve ser avaliada individualmente.

O Dr Marcelo Carvas tem participado de diversos cursos e congressos internacionais sobre o tema e contribui com o desenvolvimento da técnica. Em fevereiro de 2020, o Dr Marcelo ministrou uma aula sobre o tema no congresso internacional Preservation Rhinoplasty em Nice, na França.

O Dr Marcelo fez estágio internacional com o grande desenvolvedor da técnica, o turco Dr Baris Cakir, acompanhando-o em cirurgias e atendimentos em Março 2019 em Istambul, Turquia.

Alectomia


Alectomia ou Rotação de Asa Nasal é a cirurgia que visa diminuir as asas do nariz e/ou diminuir o tamanho da narina. Esta em geral é associada à Rinoplastia completa mas também pode ser feita isoladamente nos casos em que a base da narina é a única região que necessita de remodelação. As cicatrizes desta cirurgia ficam escondidas em sulcos naturais do nariz e, assim, ficam bem discretas.